• img
Dicas para montar o plano de manutenção da sua frota

Quando trabalhamos com frotas, sabemos que existem duas formas de manutenção: as preventivas e as corretivas. Assim como a nossa saúde, é melhor quando temos apenas que ir em consultas regulares, exames de rotina, do que ter um problema sério e que não foi planejado. Isso normalmente acarreta em maiores prejuízos, tanto no caso da saúde quanto nas frotas. O problema da frota é que isso é multiplicado pelo número de automóveis que fazem parte dela. Vários ônibus podem precisar de manutenção corretivas ao mesmo tempo e isso nunca é um bom sinal. Por isso, preparamos dicas para ajudar você, nosso amigo Volveiro, a planejar a manutenção de suas frotas. Confira:

 1 – Faça um checklist de tudo aquilo que precisa de manutenção

Essa é uma dica que pode parecer óbvia, mas nem sempre sabemos todas as possibilidades de manutenção. O começo é relacionar toda a frota com todos os detalhes, como modelos, ano de fabricação, especificações de cada veículo e tudo o que conseguir coletar de dados que possam facilitar o trabalho. Depois disso, é importante relacionar as manutenções por escala de prioridade. As que colocam em risco a segurança devem sempre ter prioridade alta, seguidas por aquelas que são regidas no Código de Trânsito Brasileiro, pois a falta de manutenção pode resultar em multas e apreensões de veículos. Depois, as manutenções que não afetam diretamente o funcionamento do ônibus, mas que podem causar maiores problemas.

2 – Incentive os seus colaboradores a trabalhar em equipe

Cada pessoa tem sua função em uma frota. É necessário criar uma cultura de colaboração entre as áreas. Os motoristas, por exemplo, são aqueles que convivem com os ônibus, por isso podem ser os primeiros a identificar falhas e passar isso para o pessoal da manutenção. Os responsáveis pela manutenção podem também manter os motoristas atualizados de manutenções e melhorias na frota.

3 – Estabeleça padrões para a manutenção

Seja em datas específicas, quilômetros rodados ou qualquer outro parâmetro que você escolher, é importante não fazer manutenções apenas quando elas se tornam necessárias. Já diz o ditado, prevenir é melhor que remediar.

4 – Mantenha registros de todas as manutenções realizadas

Nessa parte a tecnologia é sempre uma aliada e não precisa ser nada complexo. Uma planilha com todo o histórico de manutenções ajuda a manter a equipe atualizada sobre aquilo que já foi feito e o que ainda precisa fazer. Fotos que podem ser tiradas por celulares ajudam a complementar a informação.

Por último, mas não menos importante, dê a devida importância para sua frota, tendo em mente que os ônibus são parte fundamental de seu negócio. Nós produzimos os ônibus Volvo com todo o cuidado e preocupação pensando em nossos amigos Volveiros de todo o país e acreditamos que a manutenção é uma maneira de continuar esse esforço.

Continue conosco, acompanhando nosso blog e nossas redes sociais: Facebook | Instagram

 

 

Este artigo foi produzido com base em pesquisa realizada nos principais canais de informação do mercado de transporte. As afirmações contidas aqui não representam o posicionamento da Volvo.

Compartilhe isso:

Sem comentários!

Deixe um Comentário