• img
E se não tivéssemos transporte público?

Todos os dias, milhões de pessoas pelo mundo utilizam ônibus, trens, metrôs, balsas, entre outros, para se deslocar. Mas você já se perguntou o que aconteceria se o transporte público deixasse de funcionar? Confira:

 

Trânsito Sobrecarregado

Imagine, por exemplo, a população de São Paulo (estimada em 12 milhões de pessoas) sem transporte urbano. Grande parte da locomoção se daria por veículos próprios. Aqui, apresentam-se dois problemas. Primeiro, se a maioria das pessoas usassem seus veículos , o tempo de deslocamento iria aumentar exponencialmente. Os já tradicionais engarrafamentos ganhariam quilômetros a mais, influenciando negativamente o comércio, estudos, emergências médicas, entre outras demandas de uma sociedade.

 

Mais Poluição

Para entender o segundo problema, vamos usar de exemplo novamente a capital paulista: somente os carros representam 72,6% da emissão de gases do efeito estufa na cidade, o que contribui para o aquecimento do planeta. Sem o transporte público esse número aumentaria muito. Além disso, a maior quantidade de dióxido de carbono na atmosfera pode comprometer o bem estar da população, gerando mais gastos do governo com a área da Saúde.

 

Sabendo da importância do transporte público, a Volvo trabalha para desenvolver soluções cada vez mais tecnológicas e sustentáveis para o setor, beneficiando toda a sociedade e o meio ambiente.

 

Quer ver mais sobre o mundo da mobilidade? Continue acompanhando notícias pelo nosso blog e siga também nossas redes sociais: Facebook | Instagram

 

 

 

Este artigo foi produzido com base em pesquisa realizada nos principais canais de informação do mercado de transporte. As afirmações contidas aqui não necessariamente representam o posicionamento da Volvo.

 

 

Compartilhe isso:

Sem comentários!

Deixe um Comentário