A economia dos ônibus elétricos a longo prazo
A economia dos ônibus elétricos a longo prazo

O ônibus elétrico é uma solução com grandes vantagens ao meio ambiente. Apesar dos valores altos, a longo prazo, durante a operação, a economia é grande. Além do corte de gastos com combustível, estudos comprovam outros benefícios dessa mudança.

De acordo com a Universidade de Standford, a cada tonelada de gás lançada na atmosfera, são gerados gastos de US$220. Em pesquisa feita com os dados da frota de transporte de Nova York, após 12 anos rodando, um ônibus elétrico gastaria US$39 mil a menos que um veículo a diesel. Considerando também a economia com saúde pública, graças a qualidade de vida proporcionada aos motoristas e usuários do transporte, uma frota de 8.700 ônibus elétricos economizaria até US$6 milhões e 600 mil em 12 anos.

Há outro estudo realizado pela The Antelope Valley Transit Authority (AVTA), que reforça ainda mais as vantagens dessa mudança. Segundo o cálculo feito pela AVTA, se a frota de Los Angeles com 85 veículos fosse composta apenas por ônibus elétricos, em um ano, a operação reduziria seus custos em US$46mil por veículo.

Diante desses dados, ficou claro que, colocando na ponta do lápis e pensando no futuro essa troca vale a pena, não é mesmo? Isso já está acontecendo em várias cidades, mesmo que de forma lenta. Um exemplo é Curitiba, que atua com parte de sua frota composta por veículos híbridos.

Se você é fã de assuntos ligados a inovação e mobilidade urbana, continue acompanhando o blog e seguindo nossas redes sociais. Facebook | Instagram.

 

Este artigo foi produzido com base em pesquisa realizada nos principais canais de informação do mercado de transporte. As afirmações contidas aqui não necessariamente representam o posicionamento da Volvo.

Compartilhe isso:

Sem comentários!

Deixe um Comentário