• img
O uso de terminais urbanos como pontos de desenvolvimento social

A prefeitura de São Paulo está formatando um projeto para transformar os terminais de ônibus da cidade em centros de desenvolvimento regional. A abertura do edital deve ocorrer até o início de 2019.

A ideia seguirá o modelo de King’s Cross, estação de trem localizada em Londres, Inglaterra. Porém, em São Paulo cada terminal terá um objetivo específico: alguns voltados à saúde, outros educação e assim por diante. Wilson Point, secretário municipal de Desestatização e Parcerias afirmou que a maioria dos centros prevê uma alternativa no formato dos Poupatempos, que se chamará “Empreenda Fácil”.

Entre os 27 terminais, foram escolhidos Capelinha, Campo Limpo e Princesa Isabel para absorverem o projeto-piloto. A partir da solução implementada nesses três, será desenvolvido o padrão para a execução de todos os outros.

Além da reforma do terminal, a intenção é revitalizar os arredores e assim impactar não só a mobilidade mas os comportamentos e hábitos de uso dos espaços urbanos.

Se você é fã de inovação, sustentabilidade e mobilidade urbana, não deixe de acompanhar as novidade pelo blog e também através dos nossos perfis nas redes sociais: Facebook | Instagram

 

 

Este artigo foi produzido com base em pesquisa realizada nos principais canais de informação do mercado de transporte. As afirmações contidas aqui não representam o posicionamento da Volvo.

Compartilhe isso:

Sem comentários!

Deixe um Comentário