• img
Volvo Bus aposta na eletromobilidade como solução para o trasnporte urbano

Ser líder mundial em transporte sustentável. Esta é a meta do Grupo Volvo. Seguindo esta premissa, o projeto de eletromobilidade da Volvo Bus caminha a passos largos para oferecer às cidades soluções de transporte seguras, rentáveis e amigáveis com o meio ambiente.

A Volvo já assumiu a liderança mundial no desenvolvimento de ônibus e soluções de transporte urbano sustentáveis tanto do ponto de vista econômico quanto ambiental. A empresa possui uma completa linha de veículos para atender às diferentes necessidades de transporte das cidades, com ônibus de alta capacidade de transporte e menos poluentes.

O portfólio da empresa é composto por veículos movidos a diesel, híbridos e elétricos híbridos. Os elétricos híbridos possuem tecnologia plug-in, que permite recarga rápida nos pontos de embarque e desembarque de passageiros. Em junho, a empresa lança na Suécia o ônibus totalmente elétrico.

“O desenvolvimento do transporte público eletrificado tem avançado muito rapidamente. O principal impulso vem dos tomadores de decisão, que querem reduzir drasticamente o consumo de energia, a poluição e o barulho nas áreas urbanas”, explica Håkan Agnevall, presidente mundial da Volvo Bus.

Os híbridos começaram a ser comercializados em 2010, e hoje, mais de dois mil veículos estão em circulação em 21 países, em cidades como Londres, Edimburgo, Viena, Estocolmo, Gotemburgo, Bogotá e Curitiba. O sucesso do modelo deve-se à segurança operacional, tão alta quanto a dos ônibus com motores diesel, e também por ser economicamente viável. Mesmo com um investimento inicial maior, o custo total do veículo é igual ao de um modelo a disel operando nas mesmas condições devido à redução dos gastos com combustível e por oferecer a mesma capacidade de transporte de passageiros.

Lançado comercialmente em agosto do ano passado, na feira internacional de veículos IAA em Hannover, na Alemanha, o ônibus elétrico híbrido já está em operação em Gotemburgo, na Suécia; Hamburgo, na Alemanha; e na cidade de Luxemburgo, em Luxemburgo. O modelo elétrico híbrido possui tecnologia plug-in, e reduz o consumo de combustível e de emissão de gás carbônico em até 75%, em comparação com o ônibus diesel convencional. O consumo total de energia é reduzido em 60%.

O elétrico híbrido é oferecido às cidades como um pacote abrangente, que inclui também infraestrutura para recarga da bateria nos pontos de parada e serviços de pós- venda para otimizar a operação. Como no modelo híbrido, a bateria não é vendida junto com o veículo, é cedida ao operador de transporte por um custo fixo por quilometro rodado.

Elétrico híbrido articuladoA Volvo está desenvolvendo no Brasil, paralelamente à Suécia, o ônibus elétrico híbrido articulado. O início dos testes com o veículo está previsto para iniciar em 2016 em Curitiba, no Brasil; e em Bogotá, na Colômbia. Há ainda a previsão de avançar o projeto para oturas cidades na América Latina, como Rio de Janeiro e São Paulo, no Brasil; e Santiago, no Chile. “Estamos customizando um projeto global para atender as necessidades de transporte da América Latina, de ônibus de alta capacidade para circular nos corredores do BRT (Bus Rapid Transit). A demanda por ônibus com baixas ou zero emissões está crescendo na América Latina. Bogotá, adotou um ousado plano de redução de emissões no transporte urbano. No Brasil, Curitiba e Rio de Janeiro também estão caminhando nesta direção”, afirma Luis Carlos Pimenta, presidente da Volvo Bus Latin America.

Compartilhe isso:

Sem comentários!

Deixe um Comentário